Avarias nos Produtos Durante o Transporte

O transporte de cargas é uma etapa importante da cadeia de fornecimentos, mas também pode ser um dos maiores desafios para as lojas de materiais da construção civil. As avarias provocadas durante a operação de transporte podem ser ocasionadas no ato de armazenagem, embarque, deslocamento e desembarque, seja por queda, manuseio inadequado, direção agressiva e por aí adiante.

Isso não só causa danos financeiros, como também afeta os prazos de entrega e a imagem da empresa. Portanto, é importante adotar medidas de como evitar o risco de avarias no transporte de cargas ou minimizar os danos caso, infelizmente, venham a ocorrer.

1. Perda da mercadoria: resultando em perdas financeiras para o remetente e destinatário.

2. Atraso na entrega: que pode prejudicar as operações de negócios de ambas as partes envolvidas.

3. Reputação manchada: do remetente ou do transportador, afetando negativamente sua capacidade futura de negócio.

4. Problemas legais: se forem devido à negligência ou falha no processo de transporte, podem resultar em ações legais contra o remetente ou transportador.

5. Custos adicionais: com a necessidade de substituir ou consertar mercadorias danificadas, bem como o processo de resolução de problemas legais, podem resultar em custos adicionais para as partes envolvidas.

No Brasil o principal modal logístico é o rodoviário. De acordo com a Confederação Nacional dos Transportes – mais de 60% das empresas optam pelo transporte terrestre.

Logo, é importante que as empresas do setor e as empresas que contratam o transporte de cargas adotem medidas para minimizar o risco de terem cargas danificadas, são elas:

1. Escolher a embalagem adequada para sua mercadoria, levando em conta o tipo de produto, a distância de transporte e as condições climáticas esperadas, pode ajudar a protegê-la contra danos.

2. Escolher um transportador confiável e com experiência no transporte do tipo de carga que se tem. É importante verificar a história de transporte e os processos de segurança do transportador antes de escolhê-lo.

3. Rastrear a carga em tempo real vai ajudar a identificar rapidamente qualquer risco de avaria durante o transporte e permitir uma ação preventiva.

4. Treinar funcionários para lidar corretamente com as mercadorias durante o processo de embalagem, armazenamento e transporte pode ajudar a minimizar os danos.

5. Contratos de transporte claros e detalhados são importantes para esclarecer e definir as responsabilidades de cada parte durante o transporte.

6. Ter um plano de contingência para lidar com problemas inesperados durante o transporte pode ajudar a minimizar as perdas e o agravamento das avarias nas mercadorias.

7. Dados precisos: incluindo a intensidade dos choques e a duração do transporte, o que pode ser usado para melhorar as práticas de transporte e minimizar o risco de danos futuros.

8. Resolução de problemas: A informação coletada por dispositivos pode ser usada para ajudar a resolver problemas, como determinar a responsabilidade em caso de danos à carga ou identificar pontos fracos na cadeia de suprimentos que precisam ser corrigidos.

A nossa consultoria jurídica, por sua vez, apenas mostra o caminho e sugere melhorias. Geralmente, esse serviço engloba análises e elaboração de pareceres, consultas e outras funções teóricas. Entre os principais benefícios estão:

  • maior conhecimento;
  • promoção da implementação de mudanças;
  • suporte nas tomadas de decisões;
  • identificação de problemas e sugestões para solucioná-los;
  • exame de viabilidade técnica.

Agora que você já conhece como funciona a assessoria jurídica e a consultoria jurídica DBADV, veja também o nosso catálogo de serviços em destaque para cada uma das nossas frentes de atuação e saiba mais!

CONTE UM POUCO DO SEU CASO

    NOME

    E-MAIL

    TELEFONE

    CONTE UM POUCO DO SEU CASO

    Catálogo de Serviços

    MAIS DETALHES DA NOSSA ATUAÇÃO EM AVARIAS NOS PRODUTOS DURANTE O TRANPORTE

    Como pôde ver, as avarias no transporte são transtornos que alinham direitos, deveres e expectativas na relação entre transportador e contratante, que pode decorrer de frete próprio da loja ou logística terceirizada. Por isto, contar com assessoria jurídica especializada pode ajudar na orientação de práticas legais e reparar situações prejudiciais.

    • Orientação sobre os documentos básicos para o transporte de cargas (NFE; DANFE; CTE; DACTE; MDFE e Romaneio);

    • Indicação do seguro obrigatório RCTRC;

    • Recomendação de licenças extras, de acordo com a legislação específica;

    • Auxílio sobre o transporte autônomo de cargas – TAC e o CIOT para pagamento da guia eletrônica de frete;

    • Patrocínio de demanda administrativa junto ao PROCON, além dos órgãos de defesa econômica e ao consumidor.

    INTRANET